Em qual caso o requerente tem que falar húngaro?

Nos casos da naturalização simplificada é necessário o domínio de língua húngara em nível intermediário. Esse requisito se aplica não somente à primeira entrevista. O requerente precisa manter o domínio da língua húngara no nível intermediário mesmo depois de receber a cidadania. O atendimento no Consulado também se fará em húngaro.