Em razão de um decreto governamental húngaro, a partir de 1 de setembro de 2020 aplicam-se novas regras ao ingresso de pessoas no território húngaro por vias aéreas, terrestres ou aquáticas:

Cidadãos húngaros e respectivos familiares

Cidadãos brasileiros